Olá! Seja Bem Vindo Ao Indie Rock N Roll!!


Comente os posts que achar interessantes, fique a vontade!!



Expresse já sua opinião!!


Aviso Importante!

O Indie Rock N Roll não se responsabiliza pelos atos de seus usuários perante aos downloads que são realizados pelos mesmos!
O Blog disponibiliza os downloads que se encontram em hosts gratuitos pela web (Nenhum dos arquivos se encontram em hosts privados ou pagos!)
As Discografias e arquivos avulsos são únicamente para a promoção e divulgação de tais artistas.
Que fique claro que não somos a favor da pirataria!
Pedimos que após 24 horas do download, que deletem o mesmo!!

Grato pela compreensão de todos!

INDIE ROCK N ROLL

Ultima Discografia Adicionada: Warpaint, Tripwires, Beach Fossils, Wild Nothing, Alvvays, The Horrors e The Virgins.

Ultima Discografia Atualizada: The Futureheads, The Vines, Pixies e The Killers.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Recomendação do Usuário - The Organ (Por José Willer do Prado)




Você conhece The Organ? Não! Que pena eles já acabaram.
É assim que eu venho apresentar o quinteto canadense de Vancouver, formado apenas por meninas.

Uma banda de Indie-Rock vibrante com os pés no New Wave e no Post-Punk, que alguns afirmam lembra Blondie, Morrisey, Joy Division, The Cure e principalmente The Smiths só que modernizados. O vocal dizem parecer com o de Debbie Harry, Blondiee.



Morrisey, mais particularmente quando ouvi e vi o clipe da musica "Love, Love, Love" do The Organ pela 1ª vez o vocal me lembrou Jim Morrison, The Doors, um grave marcante que a muito tempo eu não ouvia.


A banda começou quando a frontwoman Katie Sketch montou um trio com Sarah Efron (Baixo e Teclados) e Barb Choit (Guitarra, Orgão e Baixo), detalhe Katie estava no comando da Bateria nesta formação. Depois de um ano Barb deixou o grupo e a banda se desfez. Katie e Sarah se reuniram com Jenny Smyth, que iria substituir Barb na Banda, e formou o "orgão”. Por volta de 2001 a banda tocou com músicos diferentes até consolidar uma formação em 2002, com Katie Sketch (Voz), Debora Cohen (Guitarra), Jenny Smyth (Orgão), Sarah Efron (Baixo) e Shelby Stocks (Bateria).
Naquele mesmo ano (2002) gravaram o seu primeiro EP, "Sinking Hearts", que foi lançado no verão daquele ano. Os críticos no Canadá e na America do Norte aclamaram as música do The Organ, e em 2003 a banda assinou com Chad Kroeger’s, 604 imprint e Mint Records.

Em 25 de fevereiro de 2003 a banda lança seu segundo EP, "Live - CBC Radio Session", uma sessão ao vivo na Rádio CBC com apenas quatro músicas.
Neste período, um pouco antes de 2003, Sarah Efron deixou o grupo para se concentrar em sua carreira como jornalista e foi substituída por Ashley Webber. No entanto Ashley viria a ser convidada para afastar-se da banda em 2004, e em 2005 Shmoo Ritchie assumiria o baixo das The Organ, formação esta última com Shmoo que se manteria até ao final da banda.

Em 2004 o The Organ lança seu primeiro álbum, "Grab That Gun", através da gravadora Mint Records. Álbum este que consolida uma sonoridade Dark e dançante com direito a teclado e tudo mais. O som da banda neste primeiro álbum é algo intenso e pesado e soa como uma poderosa e imensa nuvem de chumbo quente, o teclado oportuno realça o ritmo dançante e torna as canções contagiantes e irresistíveis. É algo simplesmente perfeito.

Este primeiro álbum foi muito elogiado e coloca a banda na turnê britânica de retorno do The Wedding Present. Enfim a banda entra no circuito internacional de shows.

Ainda em novembro de 2005 o The Organ anuncia que fechou contrato com a editora Too Pure Records, que viria a lançar o álbum Grab That Gun em fevereiro de 2006 fazendo com que o álbum ficasse disponível em todo mundo. O álbum foi promovido pelo Canadá, EUA e Europa, com atuações descritas como hipnotizantes.

E foi nesta época que conheci o The Organ, aquelas que os críticos chamavam de a versão feminina do The Smiths ou ainda o Interpol de saias, e desde então sempre que posso reservo um tempo para ouvir o Organ.
Infelizmente em 7 de dezembro de 2006 devido a conflitos pessoais, o que é realmente lamentável, a banda publicou uma mensagem no seu Myspace anunciando o seu fim: "We are sad to announce that were breaking up. We want to thank our friends, fans, and family for all the support you gave to us. Thank you." , esta mensagem realmente entristece meu coração, uma banda como o Organ nunca deveria deixar de existir.

Em 2008, as editoras canadenses reuniram esforços e decidiram editar 6 demos das The Organ, a pedido de muitos fãs. O resultado foi que a banda acabou por se reunir em 2008 para gravar novamente os seis temas. O The Organ lança no dia 14 de outubro de 2008 um EP com 6 faixas inéditas chamado "Thieves", o CD traz músicas que fariam parte do segundo álbum. Infelizmente não é uma volta, mas já dá para matar a saudade.

Mas afinal de contas as canções são contagiantes, sempre com os teclados agudos e um ritmo dançante maravilhoso, pulsante e altamente recomendável.
A dica para os fãs é que Débora Cohen que fazia parte das The Organ como guitarrista e uma fonte de criatividade que ajudou bastante a aclamar a banda, resolveu sair com um novo projeto a banda "Lovers Love Haters".


Site Oficial

Myspace Oficial




Brother:






Love, Love, Love:





1 Comentário

...Infinito Particular. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.